Início deste ciclo de manifestações na Venezeuela (#VenezuelaLivre_)

Enquanto escrevo esta primeira postagem do blog, muitas coisas já se passaram na Venezuela desde o início das manifestações. Não criamos o site antes, a despeito da urgência da situação atual, devido às mesmas dificuldades por que passam todos os cidadãos de bem: muito trabalho, estudo, cuidado com a família e com cada um de nós mesmos. Porém, ainda que o Grupo nos tome uma quantidade enorme de tempo (administração, verificação de fontes, acompanhamento de programas ao vivo, coleta de depoimentos, etc.), sempre recebemos uma força extra de nossa Vontade de ajudar. E é isso que nos move: o Bem, a Beleza e a Justiça.

Sejam todos bem-vindos!

***

Inicialmente, achei útil fazer uma breve retrospectiva (embora não displicente) de todos os principais fatos ocorridos n primeiro dia de manifestações contra o autoritarismo ditatorial de Nicolás Maduro. Antes de tudo, devemos saber que estas manifestações não tiveram uma causa tão recente como poderíamos imaginar. E nem foram as primeiras deste tipo contra o sistema chavista de ditadura.

.

12 de Fevereiro

Uma multidão de manifestantes de todas as idades e regiões do país, ligados à oposição perseguida pelo Governo, se reúne no centro de Caracas para protestar contra a política econômica suicida de Nicolás Maduro, bem como para exigir a libertação de estudantes universitários detidos arbitrariamente no interior. Paralelamente, ocorre um ato de apoio a Maduro por parte de correntes chavistas, aproveitando-se da comemoração do “Dia da Juventude”, naquela data.

Como é de costume em regimes totalitários, o triunfalismo estatal fez com que apenas a passeata chavista fosse veiculada na TV aberta, enquanto que as manifestações populares da oposição ficaram restritas à transmissão por canais privados.

A repressão do governo contra os opositores no dia 12 causou a morte de três pessoas – dois estudantes e um líder comunitário governista. Dezenas também foram presos – a promotoria venezuelana informou que dos 99 detidos, 73 foram libertadas até dois dias depois. A oposição, entretanto, afirmou que 47 pessoas permaneciam presas três dias após o protesto – a maioria estudantes universitários.

***

Obviamente, a política econômica é um dos principais fatores que levaram a população a se insurgir contra o Governo socialista de Maduro. Porém, é importante destacar também o intenso quadro de violência urbana que verifica-se na Venezuela, aliado à competência da Polícia apenas em reprimir com brutalidade os opositores, enquanto tolera a corrupção dentro de seus quadros nada profissionais.

A verdade é que a população já não tolera mais a ingerência do governo de Cuba nos assuntos nacionais, esse que já se provou extremamente incompetente na resolução dos problemas de seu próprio povo e que já há décadas se especializou apenas na formação de quadros guerrilheiros de assassinos, enquanto coloca atletas a exibirem uma propaganda artificial de bem-estar ao mundo, tal qual faziam as genocidas URSS e China.

O povo sofrido da Venezuela quer sim melhores condições de vida, trabalho, educação e de oportunidades, mas está numa posição tão próxima dos EUA que já não conseguem suportar um sistema tão castrador como o comunista inspirado na múmia Fidel Castro, sem liberdade de expressão e desumano.

Anúncios

3 comentários sobre “Início deste ciclo de manifestações na Venezeuela (#VenezuelaLivre_)

  1. É PRECISO MESMO MOSTRAR A VERDADE SOBRE A VENEZUELA. É PRECISO MESMO UM GIGANTESCO MOVIMENTO DE PAZ, AMOR E FRATERNIDADE. É PRECISO QUE TODOS SE DEMOVAM DE SEUS COMODISMOS E ACORDEM PARA A REALIDADE: SOMOS TODOS IRMÃOS, E ENQUANTO HOUVER UM IRMÃO EM AFLIÇÃO, NINGUÉM NO MUNDO PODERÁ SER FELIZ. ACORDA HUMANIDADE, É TEMPO DE AMADURECER!

      • COM CERTEZA QUE PODE! O MUNDO PRECISA SAIR DESSE ESTADO LETÁRGICO, MAGNETIZADO PELAS APARÊNCIAS, PELAS FANTASIAS E ILUSÕES. O POVO PRECISA ACORDAR QUE AS MONSTRUOSIDADES NÃO ESTÃO BRINCADEIRA. É PRECISO QUE ABRAM OS OLHOS PARA A VIDA VERDADEIRA, QUE NÃO É MATERIAL. TODA ESSA ECONOMIA MUNDIAL MATERIALISTA, TORNOU A HUMANIDADE ESCRAVA DA MATÉRIA, ZUMBIS DAS TREVAS. TEMOS MUITO QUE FALAR, POIS, ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA, TANTO BATE ATÉ QUE FURA. E VAMOS QUE VAMOS, PORQUE O MAL NÃO PODE, DE FORMA ALGUMA COM O BEM! ABRAÇÃO FRATERNAL, MEU IRMÃO! E LIGADOS EM CIMA, NO ALTO, NA FORÇA ABSOLUTA DA DIVINA PROVIDÊNCIA!

Comente com moderação

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s